sexta-feira, 29 de setembro de 2017

A Felicidade é uma viagem, não um destino (Final)



(parte final - Acompanhe a primeira parte aqui)

Criar tamanha expectativa do que é Felicidade, só distancia a possibilidade de experimentar maior alegria, contentamento e prazer.


Então, o que isso significa, se quisermos prosperar e experimentar uma mais felicidade? Você só deve negligenciar esta tendência natural de querer mais, e não se preocupar com o que acontece na vida?


Claro que não.


Mas vai exigir a aprendizagem e desenvolvimento de um plano de felicidade. Um plano onde você deve aplicar atividades intencionais e fazer um esforço consciente para mudar a maneira como você vive sua vida.


Aqui estão cinco intervenções para ajudá-la a desenvolver uma maior qualidade de vida.


Aprender a ser grata

Focar em estar grata, ou ser grata por algo é uma grande maneira de começar a experimentar mais felicidade. Pessoas que mantêm uma gratidão e apreço diário geralmente vêem um aumento em sua felicidade dentro de algumas semanas. A idéia é simples. Basta escrever de 3 a 5 coisas que você aprecia. Escreva uma breve nota sobre como essas coisas boas aconteceram. Tente fazer uma nova anotação a cada poucos dias, ou pelo menos uma ou duas vezes por semana.


Fortaleça seus pontos fortes

Desenvolva uma lista de virtudes ou forças pessoais. A sugestão agora é você desenvolver suas áreas fortes, você será mais produtiva e feliz. Escreva a cada noite sobre o que você fez para trabalhar em seus pontos fortes. Escolher dois ou três principais pontos fortes sobre si mesma e fazer algo sobre este ponto escolhido.


Habilidades de estilo de vida

Há uma forte relação entre dieta, atividade física, sono e humor. Se você quer se sentir mais feliz, comece com uma quantidade de sono adequado, não muito longa e não muito pouca. Faça uma dieta bem equilibrada e evite álcool e cafeína. Ter um tempo para exercitar pelo menos três vezes por semana, mesmo que seja só uma caminhada por 20-30 minutos.


Bondade aleatória

Comprometer-se a fazer algumas boas ações em alguns dias por semana. Podem ser simples coisas, não exagere. No inverno, você pode arrumar um agasalho velho e doar, simples assim. A lista poderia continuar com possibilidades próximas a você.


Meditação

A meditação pode nos ajudar a relaxar, permanecer no momento presente e ser mais consciente do nosso pensamento e as emoções. Quando estamos profundamente relaxadas, quando a nossa mente e nosso corpo estão calmos, nós nos recuperamos rapidamente do estresse do dia a dia. Desenvolver uma prática de meditação pode ser uma ótima maneira de lidar com uma vida acelerada e cultivar emoções mais positivas.


A felicidade não é um objetivo final em si, mas é mais um estilo de vida. A felicidade não é um estado que possa chegar um dia, mas um processo contínuo que requer trabalho e prática de gerir o nosso pensamento, visão e hábitos.

Fique com este vídeo sobre meditação. Espero que goste!

sábado, 16 de setembro de 2017

A Felicidade é uma viagem, não um destino



Se eu lhe perguntasse qual sua maior motivação, o que você diria?



Você diria que é
  • ser bem sucedida; 
  • ter relacionamentos amorosos; 
  • fazer a diferença no mundo; ou 
  • ser rica?



Talvez seja tudo isso junto - embora haja um denominador comum para todos eles: ser feliz. Nós todas queremos ser felizes, certo?

Alguns diriam que a busca da felicidade é o maior motivador da humanidade.


Para muitas pessoas este é o principal objetivo de sua vida.


Nós fazemos o que fazemos na esperança de que acabaremos por encontrar maior felicidade.


É intuitivo pensar que se nós valorizamos tanto a felicidade, acabaríamos por ser mais felizes. certo? Se você quiser tanto algo, você não faz o que for preciso para atingir esse objetivo?






Para a maioria dos objetivos isso funciona bem. Se eu quero alcançar boas notas na escola, melhorar minhas vendas, obter mais clientes, etc. quanto mais eu trabalho, melhores meus resultados provavelmente serão.


Infelizmente, quando a felicidade é nosso objetivo final e nós pensamos assim sobre ela, pode resultar em uma menor felicidade.


Isto porque ao contrário tirar boas notas, há um efeito paradoxal entre o objetivo e nossa avaliação do resultado. Pense nisso: colocar a felicidade como algo “maior”, de padrão mais elevado do que “ela” realmente é, faz com que fique difícil de obtê-la.


Ou seja, colocar um valor alto sobre o estado de felicidade, nos leva a ficar desapontadas, porque o nosso nível de felicidade não vai atender às nossas expectativas.

Isto é particularmente verdadeiro em situações onde há pouca expectativa e a felicidade parece estar mais ao alcance. Você também percebe isso?

Bom, vamos continuar no próximo post: Acompanhe!

Vencendo a ansiedade e o estresse

Parte 3. Acompanhe desde a primeira! Além disso, essas relações sociais, aumentam o sistema imunológico, a temperatura corporal, o q...